Cada vez que você vê uma imagem de anjo na sua time line, ou recebe uma solicitação de joguinho, não tem a menor dúvida: Mães estão invadindo o Facebook.

Uma pesquisa feita nos EUA diz que 72% das mães norte americanas possuem perfil no Facebook, 92% são amigas dos filhos na rede, metade só está lá para stalkear a vida do filho e 30% dos filhos se pudessem bloqueavam a mãe.

A pesquisa feita pelo site Education Database Online (e traduzida pela Comunicriação) traz um panorama da relação entre pais e filhos no Facebook. O mais interessante é ver como a relação online entre pais e filhos se assemelha em muito com a relação offline. Os filhos ainda sentem vergonha dos pais por causa de comentários impróprios na frente dos amigos e os pais continuam querendo saber quem são os amigos dos filhos.

facebookando-seus-pais

 


Rogowski-ThereIsARainbow

Livros de auto-ajuda são polêmicos, há quem adore o gênero e quem condene. Porém, uma indiscutível qualidade eles possuem: auto-ajuda é o único gênero literário que poderia dar vida ao trabalho do fotógrafo Kent Rogowski.

From the series: Everything I wish I could be

Como os assuntos destes livros se repetem bastante um pouco, as artes das capas e os títulos das obras foram utilizados brilhantemente pelo fotógrafo para formar narrativas e assim criar belas e interessantes imagens. Conheça o projeto “Everything I Wish I Could Be“.

Title: The end is just the beginning Title: Am I the only one?

Fonte: Revista Vida Simples



Esta obra reúne o melhor das artes gráficas e da literatura brasileira. Nada mais do que isso, o melhor. 318 Citações do Pr. Antônio Vieira foi organizado pelo professor Emerson Tin e tem projeto gráfico de Kiko Farkas e Adriano Guarnieri.

A qualidade da obra já começa pelo selo editorial, Tordesilhas foi idealizada pelo Estúdio Máquina, do próprio Kiko Farkas, quem também fez o logo. O selo se propõe (e consegue) a produzir obras de extrema qualidade editorial e gráfica.

É tanta coisa boa junta que terei que dedicar um tópico para cada uma. Porém, começo com a deliciosa nota com os créditos da obra. Além de facilitar muito o meu trabalho, ela é praticamente um hiperlink.

“Este livro, composto em tipografia Electra e diagramado pela Alaúde Editorial Limitada, foi impresso em papel Chamois Fine Dunas oitenta gramas pela Geográfica no dois milésimo sexagésimo sexto ano da publicação de Sobre o orador, de Marco Túlio Cícero. São Paulo, agosto de dois mil e onze.”

A não ser que você conheça Cícero, e em especial a obra citada, você já deve ter entendido porque se trata de um hiperlink e esta pensando em pesquisar no google. Eu facilito pra você. Marco Túlio Cícero foi um orador e filósofo romano, considerado o pai da oratória e o “criador” de muitos dos conceitos da filosofia. Na obra Sobre o orador, Cícero trata de qual é o papel de um orador e dá conselhos sobre como um orador deve agir.

A Editora: Tordesilhas
O Tordesilhas é um selo editorial dedicado a literatura que se propõe a atingir a excelência gráfica e editorial das suas obras, sempre convidando especialistas e tradutores renomados, tornando a leitura confortável por meio de design gráfico bem caprichado. Concebido pelo Máquina Estúdio, de Kiko Farkas, que criou também a sofisticada logotipia, o selo ainda possui uma versão para obras infantis, o Tordesilinhas.

O Projeto Gráfico: Kiko Farkas e Adriano Guarnieri.
Kiko Farkas é designer gráfico conhecido internacionalmente por vários trabalhos. Formou-se na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP em 1982 e em 1987 abriu, em São Paulo, a Máquina Estúdio, realizando trabalhos nas áreas editoriais e culturais, como produção de cartazes, catálogos de arte, ilustração e livros.

O designer coleciona prêmios e trabalhos memoráveis, como a série de catálogos e cartazes para a OSESP e três prêmios Jabutis, da Câmara Brasileira do Livro. Em 2005 seu estúdio venceu o concurso para a criação da Marca Brasil, programa de identidade corporativa para o turismo brasileiro. Em 2006, a convite do Ministério da Cultura, Kiko Farkas foi co-curador e responsável pela criação do pavilhão brasileiro na feira DesignMai no programa Copa da Cultura, em Berlim. Kiko Farkas é membro da Alliance Graphique Internationale (AGI) e foi um dos fundadores da Associação de Designers Gráficos (ADG Brasil).

Adriano Guarnieri é designer, italiano e esta no Máquina Estúdio desde 2011. Infelizmente não consegui muitas informações sobre ele, além de seus belos trabalhos linkados no Behance.

O Organizador: < a href="http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4706352P4">Emerson Tin
Emerson Tin é mestre e doutor em teoria e história literária pela Universidade Estadual de Campinas, entre outros títulos. Além das 318 citações, organizou os livros Para sempre – Cinquenta cartas de amor de todos os tempos (Editora Globo), Antologia da poesia barroca brasileira (Companhia Editora Nacional/Lazuli) e A arte de escrever cartas (Editora da Unicamp).

Pr. Antonio Vieira
O padre Vieira nasceu em Portugal em 1608 e formou-se noviço na Bahia, em 1626. Além de teologia, estudou lógica, física, metafísica, matemática e economia. Lecionou humanidades e retórica em Olinda e em 1634 foi ordenado sacerdote, na Bahia. Foi um grande e produtivo escritor do barroco em língua portuguesa. É considerado por muitos um mestre da oratória e um dos fundadores da literatura brasileira.

A Obra
318 citações do Pr. Antônio Vieira é a primeira obra da linha de antologias do selo editorial Tordesilhas. O organizador selecionou trechos de sermões, cartas e monografias do padre que ainda em seu tempo foi considerado o maior sermonista da Europa e da América.

Esta coletânea é ao mesmo tempo uma amostra da genialidade do Pr. Antônio Vieira, autor de frases belíssimas, e obra de referência, com citações agrupadas em ordem alfabética de tema (Admiração, Adulação, Alegria, Amizade, Amor… até Vontade).

Capa: 4×1 cores.
Miolo: 1 cor.
Papel: Chamois Fine Dunas 80g
Acabamento: Lombada colorida (quem souber o nome correto desse acabamento deixa ai em comentário….hehehe)
Gráfica: Geográfica
Capa: e Projeto Gráfico: Kiko Farkas e Adriano Guarnieri
Revisão: Eugênio Vinci de Moraes e Carmen T.S. Costa
Organização: Emerson Tin

Citações
Costumes
“A pior cousa que têm os maus costumes é serem costumes: ainda é pior que serem maus.”

Felicidade
“Não há felicidade sem companhia.”

Mundo
“O domínio do mundo não consiste em o possuir, consiste em o pisar.”

Necessidade
“Não há vício nem maldade que a fome não persuada, nem torpeza ou infâmia que a necessidade e pobreza não facilite.”

Obras
“Há ocasiões em que o não fazer consiste tudo.”

Paciência
“O amor pesa-se na balança da paciência: padecer menos é amar menos, padecer mais é amar mais.”

Perda
“Esta é a ingrata condição do natural humano: sentir mais o que perde do que estimar o que logra.”

Sofrimento
“Não é necessário ser grande para ser capaz de grandes penas.”

Ver
“Sendo tão natural no homem o desejo de ver, o apetite de ser visto é muito maior.”

“O ver é mais estimado dos homens que o viver.”

Vitude
“A virtude é como o segredo: oculto, conserva-se; manifesto, perde-se.”

Vontade
“Maior cativeiro é estar sujeito à vontade própria que à alheia.”