Mais uma vez pegue lapis e papel.

Abaixo seguem qualidades que favorecem o desenvolvimento da resiliência. Marque 3 ou 4 qualidades que você usa mais frequentemente.

Pergunte a si mesmo como e com que frequencia você usou ou usa essas qualidades.

( ) Relacionamentos – Sociabilidade de ser um bom amigo e de ter relacionamentos positivos.

( ) Tenho um bom senso de humor.

( ) Direção Interna – Baseio escolhas/decisões internamente (lugar interno de controle).

( ) Perceptividade – Compreensão ou “insight” sobre pessoas e situações.

( ) Independencia – Distanciamento “adaptativo” de pessoas e situações “não saudaveis”/autonomia

( ) Visão positiva do futuro – Otimismo, ter esperança de um futuro positivo.

( ) Flexibilidade – Consigo me adaptar á mudança; consigo flexibilizar conforme a necessidade e lidar positivamente com as situações.

( ) Amor ao aprendizado – Tenho capacidade e amo aprender.

( ) Auto-motivação – Tenhon iniciativa e motivação internas.

( ) Competencia – Sou “bom em alguma coisa” / tenho competencia pessoal.

( ) Auto-valorização – Sinto que tenho valor e tenho aouto-confiança.

( ) Espiritualidade – Tenho fé em algo maior

( ) Perseverança – Não desisto apesar das dificuldades

( ) Criatividade – Eu me expresso através de atividades criativasou artisticas.

Se você não conseguiu assinalar nem 3 opções e não se importa com isso, você não é resiliente, é conformado.

Pegue as caracteristicas que assinalou e pense como pode aplica-las melhor.

Das caracteristicas que não assinalou, escolha uma ou duas que gostaria de desenvolver e não procrastine.

O que é procrastinar? Isso é outro post…

fonte: Ruymara Teixeira, pedagoga e amiga


One Comment

  1. lucianasabbag
    Posted 07/02/2009 at 13:31 | Permalink

    Rodrigo também é auto-ajuda!
    hahahaahah
    Adoro!

Leave a Reply to lucianasabbag Cancel reply