- Será que ele veio só me ver? – pensou, sem coragem de dizer em voz alta, ou de admitir – porque ele passou por aqui a esta hora, não precisava.

- A saída do segundo andar estava trancada, tive que dar meia volta, estava enrolado com a papelada e já estou atrasado – ele disse ao entrar no carro do amigo.
__

- Vamos almoçar só nós duas? – disse a amiga – vamos chama-lo, liga.

- Ela me chamou pra almoçar? – pensou com um nó na garganta e um delicioso revoar de borboletas na barriga.
__

- Olá! =D Esta on tão tarde?
- Só te esperando…rsrsrs
- Para, vc nunca fala sério.
- Será?
- rsrsrs
- Amanhã irei te cumprimentar com um bj, na frente de td mundo.
- Pq?
- Pra te deixar encabulada…rsrsrs
__

Parou, olhou, congelou. Não se cumprimentaram, mas a brisa fria que passou pela sala na troca de olhar vez a barriga esfriar.
__

- Nossa, hoje não vi mais do que a papelada de sempre – ele pensou ao fim do dia.

- Nesse fim de semana vou sair com o gatinho da praia, esta tão legal – ela disse, antes de desligar o telefone.
__

- Porque tem sempre uma coisa no ar quando me encontro com ele?

- Por que parece tão fácil e ao mesmo tempo tão difícil. – ele pensou ao assinar mais um documento.

- Ele não sabe o que quer…

- Difícil porque? É, trabalhamos juntos….

- Será que um dia saberá?

- Fácil porque? Esse jogo esta é gostoso…

# continho do fundo do baú ;)


One Comment

  1. Posted 28/02/2009 at 11:05 | Permalink

    Hum…. Um jogo? Um conto? Dificil mesmo hein… rsrsrsrs

Leave a Reply